top of page

GUIA SÃO LUÍS E LENÇÓIS MARANHENSES

Pode-se dizer que São Luís é uma cidade singular. Fundada por franceses, invadida por holandeses e por fim, colonizada pelos portugueses, a capital maranhense que é um pouco nordestina e um pouco amazônica, é um verdadeiro mix cultural, cheio de influências históricas e natureza diversa.


É impossível ir para são Luís e não se encantar com tudo que a região oferece, por isso montamos um guia para que você possa curtir cada cantinho desse destino da melhor forma possível e sair de lá com um gostinho de quero mais!

Ponto histórico do centro de São Luís do Maranhão. Fachada com azulejos de origem portuguesa.
São Luís - Região central

QUAL A MELHOR ÉPOCA PARA VISITAR?

Ao contrário da maioria dos destinos ao norte, a melhor época para visitar São Luís não é em janeiro, mas sim no período entre julho e setembro. Nessa época a previsão de chuvas é mais baixa, por isso o clima é bem mais agradável e as chances de ter interferências no seu roteiro é muito menor. Além disso é no mês de junho que ocorrem as tradicionais festas da região como a festa do Bumba Meu Boi.

Representação da tradcional festa folclórica maranhense, o Bumba Meu Boi, com decoração de bandeiras e pessoas vestidas a carater.
Tradicional festa folclórica Bumba Meu Boi



QUAL O MELHOR BAIRRO PRA SE HOSPEDAR?

Por se tratar de uma cidade turística São Luís possui diversos tipos de hospedagem para todos os gostos em diferentes categorias. Cada parte da capital maranhense oferece alguns atrativos diferentes, uns mais modernos e agitados, outros mais culturais e tranquilos.

Centro

Uma das melhores regiões para se hospedar é o centro histórico, principalmente se seu interesse é passar poucos dias na cidade e fazer bate-volta para outras regiões próximas. O local também é ideal pra quem gosta de ter todos os serviços ao alcance, como em qualquer outra cidade, o centro de São Luís possui fácil acesso a comércios, restaurantes, bares e atrações locais.


Região do centro histórico de São Luís do Maranhão
Centro Histórico de São Luís do Maranhão

Ponta d'Areia

Outro bairro queridinho pelos turistas é a Ponta d'Areia. Muitos dizem ser o melhor bairro para se hospedar devido a maior concentração de hotéis na área. É uma região que possui uma infraestrutura muito boa e moderna comparada ao restante da cidade. Fica a apenas 15 minutos de carro do centro histórico e tem muitas opções de restaurantes e bares no entorno, além de ser considerada uma região mais segura. Lá você pode encontrar algumas atrações como a Lagoa da Jansen e o Espigão Costeiro da Ponta d'Areia.

Bairo Ponta d'Areaia

QUAIS SÃO OS MELHORES ATRATIVOS?

Como já mencionamos antes, São Luís é uma cidade que possui muitas influências tanto históricas, quanto culturais, por isso lugar para se visitar é o que não falta. Além do centro histórico a cidade conta com diversidade de bares, restaurantes e, claro, feirinhas recheadas de produtos locais. Mesmo se tratando de uma cidade litorânea, São Luís não é tão conhecida por suas praias e o motivo disso é porque algumas de suas águas são impróprias para banho. Mas não precisa ficar desanimado, selecionamos as melhores praias em que você vai poderá se banhar sem problemas e aproveitar os bares e quiosques com o pé na areia, sentindo a brisa gostosa do litoral.

Centro histórico

Se você acha que andar pelo centro de São Luís é algo monótono ou similar a andar por qualquer outro centro histórico do Brasil, você está muito enganado. Faça chuva ou faça sol, seja de dia ou seja de noite o que não falta no centro histórico de São Luís são atrativos para se conhecer.

  • Museu Histórico e Artístico do Maranhão: o museu está localizado na região central da cidade e foi inaugurado no ano de 1973. Possui um acervo de aproximadamente 10 mil peças, entre elas, porcelanas, cristais, pinturas, escrituras, mobílias, azulejos, entre vários outros artigos da época colonial. A exposição de maior destaque do museu é a obra original "O Mulato" do escritor romancista Aloízio de Azevedo. Dentro do museu também existe um jardim com uma galeria, onde são expostas obras artísticas de curta duração. Além disso, possui um mirante e o Teatro Apolônia Pinto em homenagem a primeira dama do teatro maranhense. No mirante se tem uma vista privilegiada para a Bahia de São Marcos, além de ver toda cidade de cima.

  • Palácio dos Leões: o palácio é um dos mais importantes monumentos do Maranhão, sede do governo do estado, atrai visitantes de vários lugares diferentes do mundo devido a sua grandiosidade. O palácio é divido em três alas: residencial, administrativa e visitação. Juntas constituem uma área de 3.000 m² construídos. Na parte destinada a visitação, o palácio conta com 5 salões de exposições permanentes acessíveis ao público que abrigam um acervo de 1.300 objetos que em conjunto remontam a época do século XVII.


  • Casa do Nhozinho: A casa do Nhozinho é um museu que reúne um acervo de peças e utensílios do cotidiano do povo maranhense, entre os elementos estão artigos de origem indígena até carros de boi. O museus leva esse nome em homenagem ao artista popular Antônio Bruno Pinto Nogueira, mestre na talha de buriti, uma fibra extraída das folhas da planta que permiti fazer artesanatos como bolsas, sandálias, redes e muito mais. São três pavimentos liberados para visitação e neles pode-se encontrar uma loja de produtos locais e espaço para exposições temporárias e permanentes. O último pavimento do museu foi destinado para expor as obras de Nhozinho, como embarcações feitas para presépios, brincantes de bumba-meu-boi, miniaturas de mulheres rendeiras entre outros artesanatos.


  • Convento das Mercês: o que antigamente era o convento da Ordem dos Mercedários, hoje é a Fundação da Memória Republicana Brasileira, um importante centro cultural que conta com museu, biblioteca, pinacoteca, sala de restauro e amplo acervo documental. São cerca de 4 mil obras de arte e aproximadamente 23.700 volumes bibliográficos. Além de promover eventos, festivais e exposições, a fundação também disponibiliza cursos e oficinas diversas para a comunidade.

  • Mercado das Tulhas: também conhecido como Casa das Tulhas ou Feira da Praia Grande, é uma construção do século XIX cheia de lojas e quiosques com produtos típicos da região, como artesanatos, cachaças, temperos, doces, frutos do mar e até sebo de livros. Vale a pena visitar a feira no fim da tarde para aproveitar o passeio enquanto rolam algumas apresentações, como rodas de pagode ou tambor de crioula, uma dança de origem africana praticada por descendentes em louvou a São Benedito.


Centro Histórico de São Luís


Lembrando que estes são apenas alguns dos atrativos que você vai encontrar pelo centro de São Luís, a região ainda conta com outros museus, teatros e casas de cultura, cada esquina e cruzamento desta cidade aspira história tanto externamente, com suas fachadas revestidas de azulejos portugueses da época colonial, quanto internamente onde podemos encontrar cenários intactos do século XVII em diante.

Espigão Costeiro da Ponta d'Areia

Depois de tantos passeios históricos está na hora de conhecer algo mais moderno e descontraído, e se você acha que não vai encontrar isso em São Luís pode ficar despreocupado, como já mencionamos antes a cidade possui atrativos para todos os gostos. É o caso do Espigão Costeiro da Ponta d'Areia, um ponto que se destaca como queridinho entre a comunidade local e turistas que passam por lá.

Trata-se de uma estrutura na Península da Ponta d'Areia que tem como objetivo controlar a erosão da orla da praia, assim, protegendo as edificações e auxiliando no tráfego de embarcações. Todo esse recurso de proteção acabou gerando uma faixa de areia maior na praia, portanto, fazer uma caminhada por toda extensão da orla se torna mais prazeroso. E pra tornar sua caminhada ainda mais atrativa vá no fim da tarde, o clima estará muito mais agradável e a vista do pôr-do-sol é uma das atrações mais esperadas do dia. A plataforma possui cerca de 600 metros de extensão para dentro do mar, garanto que irá render fotos maravilhosas!

Além de toda a vista exuberante que o Espigão proporciona, você também pode curtir os quiosques que ficam ao lado do calçadão da península. Lá você encontrará comidas e bebidas de rua, como pastel e água de coco, além de produtos artesanais e suvenires. Você também pode combinar o passeio com uma visita ao Forte de Santo Antônio da Barra que também fica na Península da Ponta d'Areia.

O forte que teve um grande papel na proteção de acesso ao porto na costa da cidade no final do século XVII, hoje é um museu recém reformado que tem como exposição permanente obras que retratam as tradicionais embarcações maranhenses. Há também exposições artísticas audiovisuais e alguns eventos eventuais. Para deixar o passeio ainda mais convidativo, você encontra dentro do museu uma livraria e uma cafeteria bem aconchegantes.



Espigão Costeiro Ponta d'Areia

Reserva do Itapiracó

Pra quem gosta de um passeio mais tranquilo, cercado por biodiversidade e com uma filosofia mais consciente, o Parque Ambiental da Reserva do Itapiracó é o lugar ideal. Está reserva é classificada como área de preservação ambiental com 174 espécies de animais e 33 espécies de plantas catalogadas, além de 4 nascentes de rio. Entre os animais que vivem na reserva estão, sapos, camaleões, cobras e tatus. Juçara, Tucum e Ipê são algumas plantas possíveis de se contemplar no parque. Pássaros também são bem diversificados dentro da reserva, mais de 141 espécies vivem por lá, como Beija-Flores, Jurutis e muito mais.

O parque abriga espaços para diversas atividades como, campos de futebol, futebol de praia e futevôlei, pistas de skate, trilhas ecológicas, playgrounds, circuitos para caminhada e mais de 15 praças e estacionamento para veículos. O parque também promove ações educativas que envolvem temas como reciclagem e perigos do desmatamento a população. Essas atividades podem ser realizadas juntamente com agentes e fiscais ambientais.


Vista aérea Parque de Itapiracó

Lagoa da Jansen

Mais um passeio de origem ecológica a Lagoa da Jansen é um parque localizado em uma área urbanizada da cidade de São Luís e possui uma área total de 196 hectares que conta com quadras poliesportivas, ciclovias, praças, pistas de bit soccer, pistas de skate e caminhada e a Concha Acústica, um anfiteatro onde ocorrem eventos culturais gratuitos. Além disso, possui restaurante, bares e pizzarias e um mirante com vista panorâmica da cidade, tudo isso convergindo em um ambiente super agradável com atividades para fazer o dia todo sem preocupação.


Vista aérea Lagoa da Jansen

Principais Praias

  • Praia de Calhau - considerada uma das praias mais bonitas da cidade, possui uma estrutura melhor que as demais, bem arborizada e com muitos quiosques, bares e restaurantes urbanizados, com boa alimentação e banheiros. É uma área muito frequentada por jovens, você encontra pessoas praticando esportes por toda extensão de areia, contando com a vista das dunas que realmente impressiona.


Céu ensolarado na Praia de Calhau

  • Praia de Olho d'Água - Diferente da praia de Calhau, Olho d'Água não é tão urbanizada, mas possui boa infraestrutura, portanto não se preocupe em achar um bom lugar para comer e beber. Cercada por mata nativa e com uma faixa de areia dourada e águas claras, a praia atrai muitos turistas que curtem um estilo mais 'roots'. A água é uma das melhores para se banhar, porém a praia é um pouco agitada, com ondas na maior parte do tempo o que é ideal para quem curte praticar esportes náuticos.


Entardecer na Praia do Olho d'Água

  • Praia Ponta d'Areia – Entre as melhores opções a Praia da Ponta d'Areia é a mais procurada, isso porque se encontra em uma localização muito boa. Sua proximidade com o centro de São Luís torna esta praia o lugar perfeito para quem quer relaxar sem ir muito longe. Assim como as outras praias a faixa de areia é bem grande e as águas transparentes, porém mais calmas que as anteriores. Ao seu redor é fácil encontrar variedade de restaurantes e bares e os quiosques também oferecem serviços na beira da praia.


Praia Ponta d'Areia vista da orla

Festas Tradicionais

  • Bumba Meu Boi – Pode-se dizer que é uma das atrações mais esperadas do ano pelos turistas e pela comunidade local, senão a mais esperada. O Bumba Meu Boi é comemorado no dia 30 de junho e é um importante símbolo cultural do Maranhão, considerado Patrimônio Histórico Cultural do Brasil. O evento que retrata a identidade do povo maranhense de forma lúdica é uma manifestação religiosa em devoção a São João, São Pedro e São Marçal. Mesmo sendo uma comemoração muito ligada ao catolicismo, traz consigo coreografias e elementos da cultura afro-brasileira.


Festa do Bumba Meu Boi

  • São João - O São João também é uma festividade muito intensa em São Luís e é bem diferente das festas juninas nordestinas que estamos costumados a comemorar. A celebração dura o mês de junho inteiro, mas é no fim do mês que acontecem as melhores festas. A noite de são João, que acontece do dia 23 para o dia 24, é uma das mais linda do mês, mas a festa de São Pedro que ocorre na noite do dia 28 para 29 é , sem dúvidas, a mais animada e vai até o dia 30 com encontros de bumba-meu-boi pela cidade, fogueiras por todos os lados e muita batucada. No dia de São Marçal se encerram as festas juninas se encerram.


Festa de São João na região central do Maranhão

  • Festa da Juçara do Maracanã - Juçara é o apelido que os maranhenses deram para a fruta açaí e sim, existe uma festa para homenagear o fruto. A comemoração ocorre no bairro Maracanã em São Luís e conta com a presença de comediantes, grupos de carnaval e outros artistas locais e acontece sempre nos fins de semana do mês de outubro que é a época fértil para juçara.


O QUE COMER E QUAIS OS MELHORES RESTAURANTES DA REGIÃO?

A culinária do Maranhão possui muitas influências de regiões diferentes e como um bom estado nordestino seus pratos típicos possuem muito tempero e muito sabor. Entre os pratos principais temos o Sururu ao leite de coco, um molusco ensopado a base de leite de coco, muito semelhante a uma moqueca que leva em sua receita ingredientes típicos da região como, azeite de dendê, coentro e pimenta-de-cheiro. Temos também o doce de espécie, trata-se de um biscoito caseiro feito com farinha e manteiga e recheado com cocada cremosa, muito servido com cafés, chás e doces de compota. Por fim, temos o prato mais tradicional do Maranhão, o arroz de cuxá. O arroz é feito com vinagreira, também conhecida como 'azedinha', uma hortaliça muito encontrada no estado. Pode ser servido com frutos do mar, ensopados e peixes fritos. As demais comidas típicas do estado levam frutos do mar, carne de sol, tapioca e peixadas, então não se preocupe porque variedade é o que não falta.


Prato típico - Arroz de Cuxá

Todos esses pratos deliciosos podem ser encontrados entorno de São Luís e listamos os melhores restaurantes para que sua experiência gastronômica seja única e inesquecível!


  • Cabana do Sol – É um dos restaurantes mais frequentados pelos turistas, possui uma vista linda para a cidade e têm uma estética bem agradável. A especialidade da casa é a carne de sol de filé que agrada muito os visitantes, principalmente os amantes de carne. O camarão na moranga também não fica para atrás e também é um dos pratos mais pedidos da casa.


  • Restaurante Escola Senac – Por se tratar de um restaurante onde a preparação dos pratos é feita por estudantes estagiários em conjunto com os chefes, a experiência é bem descontraída. Os alunos não deixam a desejar, o restaurante é considerado um dos mais conceituados de São Luís e fica localizado bem no centro-histórico da cidade. Se você curte frustos do mar, sexta-feira é o melhor dia pra visitar o restaurante pois o buffet é livre.


  • Feijoada Sabor – Para aqueles que buscam fugir dos frutos do mar o Feijoada Sabor é uma ótima opção. Um ambiente bem aconchegante e tradicional a casa serve uma das melhores feijoadas da região, outras de suas especialidades são o mocotó e o arroz de cabrito que já ganhou premiação gastronômica nacional.


  • Pizzaria Vignoli – Outra ótima opção para quem não é muito fã de alimentos mais pesados. A Pizzaria Vignoli é uma das mais frequentadas da região e se destaca por sua massa fininha e crocante e pela proposta de comer a pizza com as mãos. Para isso, junto aos talheres são servidas luvinhas de plástico, deixando os clientes à vontade para comerem da forma que preferirem.


  • Gelateria Diverno – Em dias quentes não tem como dispensar um delicioso sorvete, principalmente em São Luís com suas altas temperaturas. A Gelateria Diverno é um diferencial na cidade, possui sorvetes para todos os gostos e sabores próprios que conquistam os clientes. É o caso do sorvete de sabor Zé Pereira, um biscoito típico do Maranhão a base de canela, para quem gosta dessa especiaria não pode deixar essa delícia da sua check list.


Bônus Gastronômico:

  • Guaraná Jesus – Se você for ao Maranhão e não tomar um delicioso e gelado Guaraná Jesus, você foi para o destino errado. O refrigerante de coloração rosada é um dos símbolos do Maranhão, atualmente pertence a Coca-Cola, mas por anos era produzido e vendido apenas no estado maranhense, um verdadeiro orgulho para a comunidade local.


Guaraná Jesus - Bebida original do Maranhão



LENÇÓIS MARANHENSES:

Já que o destino é o São Luís do Maranhão porquê não estender um pouquinho a viagem e visitar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, um verdadeiro paraíso de contrastes entre dunas de areias branquinhas e lagoas de águas cristalinas em tons de verde e azul.

Os Lençóis Maranhenses se encontram na cidade de Barreirinhas a 255 km do centro de São Luís, aproximadamente 4 horas de carro. Mas antes de tudo, para que você possa vislumbrar o fenômeno das lagoas entre as dunas, é necessário se atentar a época do ano em que em que elas ocorrem.


Parque Nacional Dos Lençóis Maranhenses

A alta temporada acontece durante e após a época de chuvas na região, entre os meses de abril a agosto. Na fase de seca, entre outubro a dezembro, as lagoas desaparecem e o cenário se torna desértico, mas não se desaponte, pois isso não é motivo pra deixar de visitar Lençóis, a vista é um verdadeiro esplendor até mesmo sem as lagoas.

Para deixar seu roteiro ainda melhor entre os destinos, que tal combinar a melhor época de São Luís com a de Lençóis? Para que sua viagem seja perfeita vá entre os meses de junho e setembro, nessa época a capital maranhense está em ritmo de festa com as comemorações tradicionais de São João e a fase de chuvas em Lençóis está bem no finzinho, por isso você encontra as lagoas cheias e o tempo bem aberto e ensolarado.


O QUE FAZER NO PARQUE NACIONAL DOS LENÇÓIS MARANHENSES?

O parque ocupa uma área de 155 mil hectares e é classificado como maior parque de dunas do Brasil, porém a área de Lençóis é ainda maior e se divide entre as regiões de Barreirinhas, Santo Amaro e Atins, por isso é cheia de passeios para se fazer. Tenho certeza que você irá amar a experiência!

Lagoas

O atrativo principal de Lençóis são sua lagoas e para que você possa visitá-las, ou melhor, experimentá-las, os passeios são feitos em veículos 4x4 e o serviço pode sem encontrado nas cidades base de Lençóis. Além disso os passeios também podem ser feitos de quadriciclo, avião e lancha, podendo fazer a visita em grupo ou em tour privativo. De um jeito ou de outro você não vai perder a oportunidade de conhecer esse paraíso. Entre as lagoas mais famosas estão a Lagoa Azul e a Lagoa Bonita que ficam em Barreirinhas, porém todas são lindas e estão divididas entre as outras cidades.

Ao visitar as lagoas opte pela visita com pôr-do-sol, vá por mim, você não vai se arrepender dessa escolha, ver o crepúsculo em meio as dunas é como apreciar uma pintura, a experiência vai te emocionar!


Lagoa Azul - Barreirinhas

Pequenos Lençóis

Os pequenos Lençóis são um conjunto de dunas que se encontram fora do parque e não dispensam a visita. Ficam na margem do Rio Preguiças e também possuem um cenário lindo de água doce, mangues, praias e grande vegetação preservada. Para conhecer melhor essa área, vale a pena investir em passeios de lancha para conhecer as os povoados de Mandacaru, Vassouras e a Praia de Caburé.


Pequenos Lençóis - Região da Praia do Arpoador


Rios Preguiças e Formiga

O Rio Preguiças é o principal rio da região e passa por Barreirinhas, Vassouras, Mandacaru, Cabaré e Atins. Tem um percurso lindo cercado por um manguezal vermelho que pode ser percorrido de lancha até o mar.

O Rio Formiga passa pelo povoado da Cardosa e nele é possível fazer passeios de boia Cross, onde os turistas passeiam pelo curso do rio sentados em uma boa e são levados pela correnteza. Não se preocupe pois não é nada muito intenso, o percurso é bem tranquilo e é uma forma bem gostosa de relaxar entre todas as atrações.


Rio Preguiça

Rio Formiga


ONDE SE HOSPEDAR EM LENÇÓIS?

Barreirinhas

Nesta cidade você encontrar a melhor infraestrutura turística da região. Por se tratar da cidade mais famosa do circuito, Barreirinhas é a mais procurada pelos turistas. Tem ótimas ofertas de hotéis, agências de turismo especializadas para passeios em Lençóis, restaurantes, bares e até baladas, além de uma orla muito movimentada.

Santo Amaro do Maranhão

Ao contrário de Barreirinhas Santo Amaro não tem tantos turistas, por isso a cidade é bem mais tranquila com um estilo de interior. A cidade é conhecida por abrigar as lagoas mais bonitas da região e o acesso aos passeios é bem mais próximo devido a cidade estar localizada praticamente dentro do parque. Santo Amaro é uma cidade pequena, portanto tudo é muito perto e bem simples os restaurantes são bem aconchegantes e servem pratos locais deliciosos.

Atins

Atins é um pequeno vilarejo ainda em desenvolvimento. Está localizado entre o mar e o parque e possui pousadas e restaurantes charmosos e é um destino bem procurado pelos praticantes de kitesurf, devido ao ventos serem propícios para a prática do esporte. O acesso a cidade é um pouco complicado, é necessário pegar uma lancha ou um 4x4 saindo de Barreirinhas.

O diferencial de Atins é o fato de ser a mais isolada das cidades base de Lençóis, e oferece praia e lagoas na mesma área o que torna os passeios bem acessíveis, além da conexão com o vilarejo que é um ótimo lugar para descansar sem preocupações. A cidade não possui muitas ofertas de acomodação, mas pode-se encontrar pequenas pousadas pelo vilarejo.


QUAIS OS MELHORES RESTAURANTES EM LENÇÓIS MARANHENSES?


Nas três cidades onde se encontra Lençóis, há vários restaurante que oferecem comidas para todos os gostos, desde pratos comuns que agradam pessoas de outras regiões do Brasil, até pratos regionais deliciosas com muito sabor e tempero. O destaque da região é o caramão e a quantidade de diferentes refeições em que ele está presente, como caldeiradas, camarão na moranga, camarão no abacaxi, entre outros pratos.


Restaurantes em Barreirinhas


A orla de Barreirinhas é cheia de restaurantes, com o clima gostoso da cidade é impossível não sair para curtir a noite no deck da beira-rio. Lá você encontra refeições variadas e que servem mais de uma pessoa.


  • Jacaré - É um restaurante bem aconchegante e é o mais destacado da orla. Oferece pratos típicos da região e também opções de PF's. O camarão no leite de coco e o arroz cuxá são algumas das delícias que você vai encontrar por lá.

  • Bambu - Este restaurante é a opção perfeita pra quem gosta de variedade, é como se fossem vários restaurantes em apenas um. O cardápio oferece de tudo, desde comida japonesa até pizzas.

  • Canoa - um dos restaurante mais procurados da orla. O cardápio possui muitas opções de pratos típicos com filés, peixes e frutos do mar frescos.

Restaurantes em Santo Amaro

Santo Amaro é a cidade que mais oferece opções de refeições. Por ser uma cidade pequena e similar ao interior os restaurantes são simples, mas com comidas muito bem servidas. Além dos restaurantes na cidade você pode encontrar fereições nas pousadas que servem ótimas opções de comida.


  • Restaurante do Gordo - Aqui você encontra PF's saborosos e pratos típicos por um preço bem acessível, além de oferer sorvetes artesanais muito gostosos e refrescantes feitos com frutas regionais.

  • Pousadas Cajueiro, Água Doce e Rancho das Dunas - O restaurante de Cajueiro fica na beira do rio e possui uma vista linda em um ambiente bem ventilado pela brisa do rio. O peixinho fresco e a camaroada são os pratos mais pedidos no local. Já o restaurante da Água Doce é um dos melhores da região, bem aconchegante e serve um delicioso arroz de cuxá. O Rancho das Dunas costuma ser parada obrigatória entre turistas. O cardápio é bem variado e mais profissional que os demais restaurantes e serve deliciosos peixes com molho de alcaparras.

Restaurantes em Atins


Como mencionamos antes, Atins é uma área pouco explorada. Sua visibilidade entre turistas tem ganhado destaque a pouco tempo, por isso os empreendimentos e restaurantes na região tendem a ser mais simples, com um estilo mais pé na areia e bem descontraído.


  • Restaurante da Luzia e Restaurante do Antônio - Esses dois estabelecimentos já viraram ponto túristico na região. São reconhecidos por servir o famoso camarão grelhado que leva uma receita secreta em sua marinada. Os pratos levam acompanhamentos simples, como arroz, feijão, salada e fritas. Além das comidas deliciosas, após a refeição, você pode aproveitar e descansar em um redário oferecido pelos restaurentes.

  • Restaurante da Sesé - Um restaurante bem simples e aconchegante, fica em uma das vielas do vilarejo e lá você encontra o famoso risoto de camarão no abacaxi, uma das iguarías gastrônimicas do vilarejo e que vai te deixar com água na boca.

  • La Pizza Napolitana - Não é porque Atins se trata de uma vila de pescadores que você não vai encontrar nada além de frutos do mar. muito pelo ao contrário, La Pizza Napolitana é um dos melhores restaurantes de Atins e está localizado no centro do povoado, na pousada Maresias. É o lugar perfeito para quem curte um ambiente pé na areia enquanto toma bons vinhos. A pizza de destaque é a napolitana, claro, porém os sabores são bem variados.

  • Bar.CO - Este barzinho possui um ambiente bme descontraído a beira mar. A estrutura é super criativa e o bar fica, literalmente, dentro de um barco, e oferece drinks e petiscos diversificados, como sangrias e ceviches.


Esperamos que tenham gostado das nossas dicas!

Consulte nosso atendimento e reserve sua viagem para o Maranhão agora mesmo.

1 comentário

1 Comment


The NFL is mourning the decline for Demaryius Thomas, the earlier Denver Broncos broad recipient who handed absent quickly past 7 days at 33 many years outdated. The Broncos performed their very first activity given that Thomas' dying upon Sunday, and they started the video game as a result of honoring their previous star.Upon their very first enjoy in opposition to the Detroit Lions, Denver covered up just 10 males upon the sector, leaving a extensive recipient destination open up in the direction of honor Thomas. The Broncos were being strike with a hold off of video game penalty Dalton Risner Jersey, still the Lions declined it. The Broncos would shift upon in direction of earn, 38-10.The Broncos opened nowadays's…


Like
bottom of page