top of page

Vale a pena alugar pranchas ou levar suas próprias para uma surf trip?

Atualizado: 26 de set. de 2023

A cada dia que passa, a vida do surfista fica mais difícil. Cias aéreas estão aumentando exponencialmente as taxas para despachar pranchas, em alguns casos limitando a quantidade de sarcófagos por aeronaves e isso tem encarecido e dificultado cada vez mais surfar nossas ondas dos sonhos.

Funcionário de aeroporto carregando suas pranchas
Imagem que gera aflição em todo surfista

Meu nome é Gabriel Gomes, sou diretor de operações na OFF Viagens, com algumas dezenas de viagens ao redor do mundo, decidi falar sobre um tema polêmico, desconfortável, mas que é totalmente necessário considerar. Alugar pranchas ao invés de levar as suas para uma surf trip.


Abaixo listei as principais resistências que escutei ao longo desses anos dos surfistas que viajaram comigo. Nenhum dos apontamentos se trata de uma crítica ou de um comportamento errado, apenas busco mostrar que existem possibilidades.


PRANCHA NO PÉ

O maior impedimento para um surfista alugar pranchas no pico ao invés de levar as suas próprias pranchas é o famoso termo "colocar a prancha no pé". Sim, nós concordamos e entendemos que sempre que mudamos de prancha, precisamos ali de algumas ondas para se adaptar a ela e que ao contrário da maioria dos surfistas que encomendam suas pranchas de acordo com o seu surf através de seus shapers de confiança, ter que adaptar o seu surf a uma prancha é algo um pouco desconfortável. Mas será que isso é realmente um problema? Em nossa opinião, não.


Nossas pranchas do dia a dia são nossas verdadeiras zonas de conforto dentro do mar. Isso acontece com tudo relacionado ao surf. Surfamos somente com pranchas de epoxy ou P.U. porque estamos mais acostumados. Surfamos um pico de beach break porque é mais seguro, surfamos ondas mais cheias porque são mais amigáveis, Usamos uma parafina de tal marca porque talvez as outras não sejam tão boas. Preferimos surfar com nossos amigos do que fazer novas amizades no mar, e por aí vai. Mas se você fizer uma auto análise, em todos os pontos acima, você já fez uma mudança que foi positiva.


Provavelmente você começou a surfar de longboard e um dia experimentou surfar de pranchinha e isso mudou sua vida. Outro dia você teve a chance de surfar uma onda quebrando sobre um fundo de pedra e foi a melhor onda que você já surfou na vida. Você já foi surfar sozinho e fez amizades incríveis. E assim nós evoluímos, sempre com base na mudança.


Então surfar com uma prancha diferente da que você está habituado é tão ruim assim? Temos a certeza que não. Afinal, não somos profissionais de alta performance, somos surfistas amadores e que estamos buscando evoluir, e com certeza a mudança é uma das melhores maneiras de evoluir.


TOCOSSAUROS

Outro ponto que sempre escutamos é que pranchas alugadas estão destruídas, muito usadas, de baixa qualidade, verdadeiros tocos. É claro que dependendo do pico e de onde você alugar a prancha, você vai encontrar muita coisa ruim, mas não é a regra. Hoje nos principais picos de surf do mundo, sempre tem pranchas gringas de qualidade disponíveis para serem alugadas com variedade de modelos, tamanhos e de grandes shapers mundiais.

Quiver de pranchas de surf
Existem pranchas por aí melhores que as suas

Então, se você vai para um pico e quer considerar a possibilidade de alugar pranchas ao invés de levar as suas próprias, pesquise através da agência que já possui contatos locais para ajudar. Em muitos casos é possível ter acesso a fotos e especificações das pranchas e até já deixar reservadas para quando você chegar lá ela estar esperando por você.


CULTURAL

Além dos pontos apresentados até aqui, existe também algo cultural. Durante nossas surf trips, encontramos alemães, franceses, israelenses, americanos, australianos, gente do mundo inteiro que viaja para surfar as melhores ondas do planeta, sem o apego de levar suas próprias pranchas. São surfistas de todos os níveis que embarcam só com a suas roupas e sua vontade de surfar.

Transportar pranchas de surf
Transportar pranchas em aeroportos, não é fácil.

E nesse momento, lembramos de outro ponto importante que é a segurança de suas pranchas. Estamos acostumados a ver regularmente vídeos de funcionários de cias aéreas atirando as pranchas de um lado para o outro com todo o carinho e cuidado proporcional ao seu profissionalismo, ou seja, zero.


São frequentes em nossas trips relatos de bicos quebrados, sarcófagos destruídos, equipamentos furtados de dentro das bagagens, sendo que pagamos taxas absurdas para no fim a cia aérea falar que não tem responsabilidade pelo transporte do que é mais valioso pra gente.

Pranchas de surf danificadas
Eu sento e choro se isso acontece comigo

CONFORTO E AGILIDADE

Como surfista turista frequente de aeroportos, ao passar dos anos comecei a me incomodar com o fato de ter que carregar minhas pranchas. Quando você coloca 2 ou 3 pranchas dentro de um sarcófago, você tem que carregar quase um corpo com 23kg e 2m de altura que não dobra, que não tem um jeito fácil de transportar. Quem já levou suas pranchas para uma surf trip, sabe o quanto é complicado fazer isso.


Portanto, atualmente, ao deixar minhas pranchas no Brasil, viajando somente com a mochila e uma mala pequena, chega a ser um alívio, parece férias.


MAS QUANTO CUSTA ALUGAR PRANCHA DE SURF NO DESTINO?

Em média, com as taxas cobradas pelas cias aéreas para despachar pranchas de surf, alugar prancha no destino equivale a metade do custo para despachar suas pranchas, ou seja, uma economia de 50%. O que vai representar U$ 100 para ajudar nas despesas de alimentação durante a trip.


No dia de hoje 06/08/2023 LATAM está cobrando U$ 100 para levar 1 case com até 3 pranchas no limite de 23kg e mesmo valor para retornar. Já a Avianca cobra o mesmo valor, desde que antecipado. Copa, a pior opção de todas, cobra U$ 150 e ainda por cima limita o transporte a 5 cases por voo. Já as árabes, as melhores cias aéreas do mundo, tem permitido trocar 1 bagagem de sua franquia inclusa por 1 case sem custos (não atoa são as melhores, visto que a econômica da Qatar ou da Emirates, são melhores que a "executiva" da Avianca). Esses valores podem sofrer alteração a qualquer momento, consulte sempre informações atualizadas diretamente no site das cias aéreas.



EXISTEM EXCEÇÕES...

Mas claro que existem surf trips que o ideal é sim você levar suas pranchas, como Indonésia, Maldivas e outras regiões mais remotas que você não vai encontrar pranchas boas lhe esperando para serem alugadas. Mas em compensação você vai provavelmente voar para esses destinos de Qatar ou Emirates, duas das melhores cias aéreas do mundo que até o presente momento, não vão cobrar para você transportar suas pranchas.


Viajar com pranchas de surf
A econômica da Emirates é melhor que a executiva da Avianca

Por fim, precisamos começar a nos desapegar um pouco de levar nossas pranchas e considerar alugar pranchas no pico. Como surfista, turista e profissional dessa área, eu recomendo altamente que você pare de dar dinheiro para cias aéreas prestarem um péssimo serviço e estragando a sua vibe durante a viagem.


O intuito deste post é abrir a sua cabeça para a possibilidade de viajar mais leve, tranquilo e sem dar mais dinheiro para as cias aéreas.




0 comentário

Comments


bottom of page