top of page

Os melhores picos gringos para bodyboard

Atualizado: 7 de out. de 2023


Convidamos o bodyboarder, Fred Sampaio, que também é treinador físico e fundador da X. Reach, estúdio de treinamento funcional personalizado em Salvador, para listar alguns dos melhores picos gringos para bodyboarders, segundo suas experiências e conhecimentos.


Quais são os melhores picos gringos de bodyboard?


Fred começa a lista com a Indonésia, pico que possui muita opção de onda para o bodyboard, enfatiza que é o seu pico preferido e recomenda a ilha de Nias, segundo ele, a melhor para se surfar. Além disso, Nias é considerada uma das direitas mais fotogênicas e tubulares do mundo, não é à toa a fama de paisagens paradisíacas na Ásia, mas não para por aí, Nias também é uma das dez melhores ondas do mundo, e recebe dezenas de surfistas anualmente para surfar essas direitas.


Fred em Nias/ Indonésia


Outro pico que Fred recomenda fica no México, na região de Puerto Escondido, com um mar em tom esmeralda, quase transparente, com fundo arenoso e ondas monumentais, que podem chegar a 6 metros de altura, na praia de La Zicaleta. Esse pico se popularizou desde a década de 90 e sediou o Big Wave Tour,


O Chile, principalmente na região de Arica, também é uma excelente opção para os apaixonados por bodyboard com ondas bem tubulares e pesadas. O lugar é bem conhecido e já foi palco do circuito mundial de bodyboard.


A Espanha, com as Ilhas Canárias e o pico El Fronton, que também é uma excelente opção para a prática de bodyboard, caso já seja avançado, pois as ondas são bem fortes e tubulares, além disso, já foram consideradas uma das mais perigosas do mundo e por isso possui pouco crowd.


Finalizando a lista, América Central, mais especificamente na Nicarágua, com bastante onda tubular e beach breaks perfeitos de esquerdas e direitas.


Como está o cenário atual do bodyboard?


Apesar do bodyboard não ser um esporte tão valorizado quanto o surf, atualmente existem mais competições. O circuito mundial está se organizando novamente e adicionou mais etapas, além de contar com mais patrocinadores.


Quais os maiores nomes do bodyboard no Brasil?


Temos atletas muito bons no meio, Guilherme Tâmega é um deles, uma verdadeira lenda da cena do bodyboard, apesar de já ter se aposentado, ainda se mantém ativo. Outro atleta de ponta é Uri Valadão, ou "baiano voador," como é conhecido. Ele foi o último campeão mundial de bodyboard e vem representando o cenário do esporte. Paulo Barcellos, um carioca muito respeitado, também já foi campeão mundial. Fábio Aquino, mais um nome de peso, que já esteve entre os cinco primeiros no circuito mundial nos primeiros anos do tour, sem contar seus outros títulos como amador, como campeão brasileiro e vice-campeão mundial. E claro, Gabriel Braga e Misael Cesário, nomes que vêm recebendo destaque na cena.




Quem é o Fred Sampaio?


Nascido e criado em Salvador, Bahia, Fred é treinador físico, formado em Educação Física e especialista em treinamento funcional. Trabalha com atletas amadores que querem evoluir no esporte. Apaixonado por bodyboard desde os seus 8/9 anos de idade, com 13/14 anos começou a competir em circuitos escolares de surf e aos 15, nas etapas do circuito baiano e outros campeonatos importantes, brasileiros, norte e nordeste. Com 19 anos, parou de competir para se dedicar aos estudos. Hoje, Fred é fundador da X. Reach, que em 2023 viajou com a Off para El Salvador com um grupo de alunos do seu estúdio, partindo diretamente de Fortaleza.

Grupo da X. Reach partindo para El Salvador


Encontre Fred no Instagram: @falecomfred e @x.reach


0 comentário

Comments


bottom of page